comp coop 10

30/04/2009

La != My?

Filed under: jogos — Tags:, , — Russo @ 9:33 pm

mybrute1

Voltou… pelo menos até amanhã, a moda do jogo My Brute…

Sim, voltou, pq um dia ele se chamou La Brute e era escrito numa língua não tão familiar… para mim, pelo menos.

Trata-se de um jogo para nerds gordos, Jaiminhos da vida, que querem evitar a fadiga. Basta criar um personagem, escolher alguém para lutar e assistir sem assistir!

É uma coisinha viciante que provavelmente vc vai esquecer amanhã (alguém ainda entra no Akinator?).

Para me desafiar e, por conseqüência, virar meu discípulo, russoedu.mybrute.com

Ps. Eu gosto da trema e enquanto não for um analfabeto por usá-la (2012) usá-la-ei usar-la-ei.

Edit. Aprentemente sou analfabeto e não sei usar mesóclise corretamente… melhor deixar para os que sabem 😛

Pegue sua sombra Peter Pan

Filed under: jogos, tecnologia — Tags: — Russo @ 9:25 pm

Como me manifestar sobre a nova geração de jogos? Sou das antigas e pra mim o conceito de desafio real* em um jogo, com possibilidade de tudo ir para o espaço e ter que começar tudo novamente sempre foi interessante.

O mundo mudou… assim como a indústria de games. Os desafios passaram a ser de paciência, já que continues infinitos são a regra. Há ainda o extremo do novo e belíssimo Prince of Persia… que nem tanta paciência é preciso, já que uma “morte” te leva apenas para a plataforma anterior…

Por outro lado, o avanço da tecnologia trouxe possibilidades inimagináveis e por outro lado ainda, (minha moeda tem quantos lados eu quiser) desenvolvedores independentes, de certa forma, voltando às raizes, tem produzido pérolas… como World of Goo e Braid… jogos extremamente símples por um lado, mas que seriam impossíveis sem a capacidade de computação atual.

Eis que hoje me deparo com um jogo que brinca com sombras de objetos tridimensionais num plano bidimensional… simplesmente fantástico!

Segue o vídeo de demos que achei!

*por desafio real, me refiro a jogos como Contra, R-Type, Parodious, Mega Man e coisas provavelmente mais cabeludas da era dos 8 e 16 bits…

Blog no WordPress.com.